domingo, 6 de março de 2011

Peeling com ácido Mandélico, ácido Lactobiônico e Resorcina







O ácido Mandélico é um AHA (alfa-hidroxi-ácido), derivado de amêndoas amargas. Possui ação antisséptica, anti-inflamatória e seu uso contínuo reduz significativamente pigmentações anormais, incluindo melasmas, hiperpigmentação pós-inflamatória e lentigens. Ajuda a reverter a degeneração do colágeno e da elastina provocadas pelas exposições à radiação solar. Promove a renovação e o rejuvenescimento da pele com uma diminuição sutil das linhas finas e dos poros dilatados. Também possui ação antibacteriana, atuando diretamente no controle da produção da glândula sebácea e na peroxidação do lipídios, assim como no processo da acne. A melhora na pele acneica é visível em muitos pessoas tratadas com pústulas inflamatórias, acne papular e comedões e em pessoas com foliculite causada por bactérias gram-negativas. Devido ao seu alto peso molecular, é um ácido muito seguro, podendo ser utilizado com segurança em peles negras.

O ácido Lactobiônico é um ácido orgânico obtido à partir da oxidação química ou microbiana da lactose, um açúcar do leite. Possui elevada ação antioxidante, hidratante, rejuvenescedora e cicatrizante. O ácido lactobiônico atrai fortemente a água, formando um filme protetor, conferindo hidratação e maciez à pele. Apresenta a grande vantagem de não ser fotossensibilizante.

A Resorcina possui ação queratolítica e pode ser utilizada em hiperpigmentação pós-peeling, queimaduras, cicatrizes e eritemas persistentes. Apresenta também propriedades antissépticas,antiseborréicas, antifúngicas,antipruriginosas e esfoliativas.

Produto: Adcos



Nenhum comentário:

Postar um comentário